segunda-feira, 28 de março de 2011

00hs e 00min.



Eu estava gritando de aflição, mas ele não me ouvia. Precisava falar, mas quem me escutava não me respondia. Não queria ficar tão sozinha, por isso, a todo momento te procurava, porém sempre tinha algo que me impedia de falar. Sendo assim, você acabava esquecendo que eu tinha algo a dizer, mas era tantas as coisas que acumulou e aos poucos fui esquecendo, como na vida tudo se renova, RECOMECEI, agora já é muito tarde pra tentar me escutar.

#não tente entender, porque eu tentei te avisar.

3 comentários:

  1. Muito bonito!!! Profundo e sentimental!!! Adorei!!

    ResponderExcluir
  2. fernanda,

    obrigado pelas palavras, pela visita e pela preferência!

    obrigado!

    beijos!

    ResponderExcluir