terça-feira, 9 de novembro de 2010

A busca


Clarisse era uma criança calma e adorava brincar com seus colegas da escola, conversava com todos da vizinhança, mas nos últimos dias ela andava muito brava e mau-humorada.

Havia chegado na escola em que Clarisse estudava, um novo professor e a pobre criança se deixou enfeitiçar pelo carinho e total atenção que o professor lhe dava, acabou por se apaixonar.

Devido a essa paixão exacerbada que a consumia pouco a pouco, a menina decidiu sair a procura do futuro, pois queria de qualquer forma crescer e viver junto de seu amado. Saiu da cidade seguindo por uma estrada e após ter caminhado durante um longo período de tempo, viu uma cabana e em frente a ela um velho sentado em uma cadeira, e ao vê-la perguntou:
_Para onde vai menina? assim, sozinha?
_O senhor sabe aonde está o futuro?
_Antes de qualquer coisa, entre, coma algo, pois vejo que você está muito cansada da viagem.

Ali a menina permaneceu alguns meses, até decidir voltar pra casa, quando já tinha alcançado seu objetivo, pois o velho lhe contou todas suas experiências de vida, desse modo ela encontrara o futuro. O reencontro com a família foi emocionante, mas o que realmente importava era ver novamente o seu grande amor.

AO chegar na escola, vendo seus amigos e o professor, a menina tenta impressionar com palavras difíceis e atitudes mais maduras. O professor decidiu contar para os alunos o que o motivou trabalhar com crianças:
_O que mais me fascina é a simplicidade, a felicidade e principalmente a inocência que uma criança carrega.

Pobre menina, toda sua busca foi em vão, pois agora a inocência ela já tinha perdido, seria possível agora modificar o passado?

5 comentários:

  1. Coitada da menina!

    Adorei o post!

    bjinhos

    Nina

    ResponderExcluir
  2. Muito bom!
    Estou seguindo você também! :)

    ResponderExcluir
  3. Muito bom!!
    Gostei muito!!
    Se puder, dê uma olhada nos meus poemas... gostaria de manter contato...
    http://metafisicadospoemas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Por que tentamos mudar ou antecipar situações? E por que acabamos sempre descobrindo que tudo ocorre no seu exato momento? Adorei o texto. Beijos :*

    ResponderExcluir
  5. Obg a todos, que bom que gostaram. O conto é bem simples, mas o que realmente eu queria passar tem um grande significado e muitas interpretações.

    Veleu, o comentários de vcs é de grande importância pra mim.

    ResponderExcluir